Prodígio do skate de apenas 12 anos, Gabrielzinho disputa Campeonato Brasileiro de Street.

Atleta compete neste sábado, dia 28 de fevereiro, no Parque de Madureira, no Rio de Janeiro, em meio a adversários até seis anos mais velhos.


Marcar como favorito    Publicado por:    ·   27/02/2015 às 15:23    Noticias



Ele chama a atenção pela diferença gritante de altura em relação aos seus adversários, e quando sobe ao skate, impressiona ainda mais. Gabriel Araújo, conhecido como Gabrielzinho, tem apenas 12 anos, e é considerado um verdadeiro prodígio, com resultados de destaque na categoria Iniciante, na qual compete contra jovens de 14 a 18 anos. Neste sábado, dia 28 de fevereiro, ele disputa o Campeonato Brasileiro Amador de Street Skate 2015, no Parque de Madureira, na Zona Norte do Rio de Janeiro.

Nascido e criado em Realengo, na Zona Oeste do Rio, e há sete meses morador do bairro de Vargem Pequena, Gabriel deu seus primeiros "roles" aos quatro anos, quando ganhou um skate de presente de um primo da família. Desde então, a modalidade faz parte da rotina do menino e de seus pais, Julita e Reinaldo Araújo. O que no início parecia apenas diversão de criança tornou-se uma verdadeira paixão e Gabriel começou a competir em campeonatos regionais de diversos municípios do Rio de Janeiro.

Inspirado nos consagrados brasileiros Bob Burnquist e Pedro Barros, o menino teve sua primeira conquista em 2012, quando, com apenas nove anos, sagrou-se campeão carioca na categoria mirim (10 a 14 anos). De lá para cá foram 14 títulos e 22 pódios em diferentes etapas do circuito carioca.

"O Gabriel nasceu com o dom para o skate. Desde o início nós demos a maior força, mas sempre tentando fazer com que ele tivesse uma rotina normal, como qualquer outra criança. Só vimos que o negócio estava sério quando ele venceu o primeiro campeonato carioca na categoria acima da sua, e ai caiu a ficha que temos uma joia a ser lapidada dentro de casa", relembra o pai do menino, Reinaldo Araújo.

O grande número de competições e a paixão do menino pelo skate não alteram o dia a dia de Gabriel, que leva uma vida normal como todas as crianças. Além de frequentar o colégio, o garoto faz aulas de inglês às terças e quintas. Nas horas de lazer, ele não tira o skate da cabeça e estuda diferentes tipos de manobras na internet para aperfeiçoar ainda mais suas habilidades.

O Campeonato Brasileiro de Street Skate acontece uma vez por ano, sempre entre os meses de janeiro e março, e esta será a primeira vez no Rio de Janeiro. Na categoria de Gabriel, a de iniciantes, são selecionados três competidores de dez estados diferentes. A seleção ocorre de acordo com o ranking anual das federações estaduais e o menino se credenciou a disputa pela primeira vez após terminar 2014 na segunda posição. Nesta edição, os competidores serão divididos em quatro baterias de oito atletas e os seis melhores no total se classificam para a final.

"Só de estar entre os melhores da categoria de cima da dele já é uma vitória bem grande, estamos bastante satisfeitos com isso. Ele ainda é muito baixo para essa categoria e sofre com algumas manobras que necessitam de altura, mas por outro lado consegue fazer alguns movimentos que ninguém espera de alguém do tamanho dele e isso aumenta bastante o assédio", conta Reinaldo.

Gabrielzinho costuma ser o xodó do público por onde passa e no Parque de Madureira não deve ser diferente. A diferença de idade e altura não incomodam o menino, que aguarda seu momento com paciência e aproveita para se divertir nas pistas.










  • Clube do Skate

O Campeonato Brasileiro Amador de Street Skate aconteceu na pista pública do Parque da Juventude Cittá de Maróstica em São Bernardo do Campo – SP.



Noticias


  • Novidades

Isso mesmo depois de várias edições do maior campeonato de skate do mundo, os organizadores da Street League:anunciaram hoje que vão incluir pela primeira vez a categoria do skate feminino em seu cronograma.



Noticias








O Campeonato Brasileiro Amador de Street Skate aconteceu na pista pública do Parque da Juventude Cittá de Maróstica em São Bernardo do Campo – SP.




Isso mesmo depois de várias edições do maior campeonato de skate do mundo, os organizadores da Street League:anunciaram hoje que vão incluir pela primeira vez a categoria do skate feminino em seu cronograma.




É incrivel como o skate mesmo no seu inicio já chamava a atenção e se tornava tão popular quanto qualquer outro grande esporte, e como não poderia ficar de fora Príncipe Charles também fez parte desse estilo, como divulgou o Daily Mail, veja mais aqui.




nem todas as conquistas ou superações são registradas por alguma câmera dentro dos x games. muitas destas superações ficam nos bastidores, longe dos holofotes deste mega evento.