Skateboarding nos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020?

O skate como esporte Olímpico é o que mais chama a atenção no mundo, algumas pessoas a favor outras contra, e vários federeções buscam o direito de organizar as regras e padrões para está nova etapa que pelo o que parece é muito próvavel que aconteça nos próximos anos.


Marcar como favorito    Publicado por:    ·   13/08/2015 às 11:49    Noticias





Skate nas Olimpíadas
Skate nas Olimpíadas


Se Skateboarding vai para Tokyo em 2020, quem vai dirigir o navio?

Poucos temas têm alcançado o nível de controvérsia a respeito do skate, então provável, ea inclusão agora aparentemente incipiente nos Jogos Olímpicos. É uma história que vêem sendo escrita por mais de uma década, e hoje, todos os sinais apontam para o skate nos Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio, Japão. Comuns as primeiras impressões variaram de apatia, a apreensão, a hostilidade. No entanto, ter o skate como um esporte olímpico também pode ser visto como uma evolução natural. Considere o fato de que os campeonatos têm sido sempre uma parte do skate. E nos últimos 15 anos, eles ficaram progressivamente maior e maior, em termos de participação, exposição na mídia, e prêmios. Considere o número de skateparks que surgiram na última década. De lá, ele não é difícil imaginar P-Rod, Nyjah ou Luan em cima de um pódio com os cinco anéis em Tóquio, isso tudo pode estar a poucos curtos anos a partir de agora.

" Nota do Editor: Esta história apareceu no Verão de 2015 divulgação de TransWorld Business. Como os holofotes cair em mais aspectos de nossos esportes de ação-cultura com possível inclusão do surfe nos Jogos Olímpicos de 2020, bem como de skate, decidimos aprofundar o que isso significaria para ser um candidato em tal estágio dominante global. "
Cópia da revista na integra.

Tendência
Como mencionado acima, os Jogos Olímpicos tiveram seus olhos postos no skate nas Olimpíadas por um longo tempo, e não é difícil entender o porquê. Skateboarding é novo, e excitante, e de acordo com um artigo Huffington Post 2014, os espectadores olímpicos estão ficando cada vez velhos. A inclusão do snowboard já foi destinado a combater este tipo de tendência, mas: "A idade média do espectador olímpico aumentou de 50,9 em 2.006 para 55,1 este ano, apesar da adição de eventos de snowboard halfpipe e destinados a atrair os jovens", explica o autor David Bauder.

Audiência
Por outro lado, apelos de skate para um grupo demográfico muito mais jovem. Na recente cúpula de 2015 da IASC, O Diretor de Pesquisa Thomas Barker apontou que 70% de todos os skatistas estavam abaixo da idade de 25 anos, ao que parece o Skateboarding, é um componente crucial para emissão audiência os Jogos Olímpicos.

Próximas Etapas
Nada foi decidido oficialmente, embora, pelo menos, ainda não. Se o skate vai estar nas Olimpíadas, ele provavelmente vai ser anunciado em breve - há ainda um monte de trabalho de preparação, um prazo de cinco anos não é muito tempo. Mas antes do skate poder se tornar um esporte olímpico, há muita coisa que precisa acontecer. O primeiro passo é a designação de um funcionário para a "Federação Internacional". Esta é uma distinção - este é muito importante pois é o grupo que define as regras, e é responsável pelo controle técnico e direção. Os IFs também são responsáveis pela elegibilidade, de qualificação, e várias outras facetas.
As pessoas designadas formam um grupo chamado o Comitê Olímpico Internacional (COI). Atualmente, existem pelo menos três organizações concorrentes, cada um disputando a designação oficial de "Federação Internacional." E agora, mais de uma década após esta história começar, nos encontramos na véspera de uma decisão, pela primeira vez.

As Federações em Potencial
Tal como está, as três organizações são: A World Skateboarding Federation (WSF), Federation International de Roller Sports (FIRS), ea International Skateboarding Federation (ISF).

FIRS está sediada em Roma, a mais antiga desde meados da década de 1960, na verdade. Eles até ten se comportado como uma Federação IOC - sancionada por décadas. Não era para skateboarding, embora - foi para hóquei em patins.
Comparando andar de patins ao skate porque ambos têm rodas é como comparar basquete ao futebol porque ambos têm bolas. Dito isto, a sua relação de longa data com o COI poderia colocá-los na corrida. Representantes da FIRS se recusaram a comentar estas alegações.

O ISF está envolvida desde 2003, e é dirigido pelo Gary Ream. "Quando nos conhecemos para criar a EUA Skateboarding, e formar a Federação Internacional de Skateboarding, não foi que porque cobiçaram algo para estar em qualquer lugar, nós só queríamos estar em uma posição confortável para proteger os interesses do skate quando a batalha começar," explica Ream. "E a batalha agora está aqui, 12 anos depois."
Em preparação, Ream ea ISF começaram a criar eventos sob o comando do ISF, e, em 2014, o ISF e eles participaram de compeontos em mais de uma dúzia de países, incluindo a Street League, Tampa Pro and Am, Dew Tour, the World Cup, Vans Pool Party, e muito mais.
O ISF é um endosso da Associação Internacional de Empresas de Skate (IASC). Esta organização, está presente no mundo do skate desde 1995, e deixaram claro o seu apoio unânime à Ream ea ISF.
"IASC tem apoiado o ISF e os esforços de Gary Ream, desde o início, essencialmente, porque acreditamos que ele tem os melhores interesses dos skatistas e skate em mente", explica o diretor executivo Josh IASC Friedberg. "Sua abordagem não é que nós precisamos de se andar de skate nas Olimpíadas, a sua abordagem sempre foi: '. Se o skate vai para os Jogos Olímpicos, queremos skatistas tomando as decisões".
Leia mais em http://business.transworld.net/features

O candidato mais recente é o FSM. O responsável é Tim McFerran, que ajudou a lançar a série Maloof Money Cup em 2008. Desde então, ele lançou o teor de Kimberley Diamond e South Africa, e criou a Federação Mundial Skateboarding em 2014.
"O que Tim tem feito na África do Sul é bastante notável", explica o skatista Ryan Clements. "A cena que ele criou, os eventos que ele fez ... o cara tem construído o skate na África do Sul. É bastante impressionante, e muito legal. Eu tenho que dar-lhe uns créditos por isso. Tim tem sido um bom parceiro em um monte de coisas. Ele é o único que nos empurrou para criar o nosso sistema de pontuação, era uma exigência Maloof, e temos feito".
McFerran, que vem do mundo do basquete competitivo, fornece uma perspectiva esclarecedora: Além de ajudar a desenvolver o sistema de pontuação do Skateboard, ele ajudou a se casar com o conteúdo de skate tradicional com um que trabalha para a rede de TV.
"A principal preocupação sobre o skate era que o formato não era rápido o suficiente", diz McFerran. "Do ponto de vista olímpico, o formato é fundamental. Ele não pode ser lento, ele não pode ser demorado demais, tem que ir mais rápido."



A cada dia mais o skate faz parte dos Jogos, A têndendica é que sim, o skate faça parte dos Jogos Olímpicos e talvez isso acontece em Tóquio em no ano de 2020, mais o que realmente importa são as regras impostas. É esperar pra ver..

Deixe seu comentário com sua opnião!

Traduzido por Clube do Skate, fonte TransWorld Business.











  • Não Aprovado.

As críticas mais ferozes que já vi sobre a inclusão do skate como esporte olímpico sempre veem da Jenkem Magazine, e já me acostumei a ver que são sempre críticas contrárias ao que o que parece a maioria quer, veja aqui a matéria completa.



Noticias


  • Clube do Skate

Hoje é mais um marco para o skateboarding mundial. Um pequeno empurrão para o Boardr Skateboarding Company, um ollie gigante para tipo skate. Confira neste comunicado de imprensa out: Skateboarding está nas Olimpíadas de 2016, do COI parceiros com o Boardr.



Noticias








As críticas mais ferozes que já vi sobre a inclusão do skate como esporte olímpico sempre veem da Jenkem Magazine, e já me acostumei a ver que são sempre críticas contrárias ao que o que parece a maioria quer, veja aqui a matéria completa.




Hoje é mais um marco para o skateboarding mundial. Um pequeno empurrão para o Boardr Skateboarding Company, um ollie gigante para tipo skate. Confira neste comunicado de imprensa out: Skateboarding está nas Olimpíadas de 2016, do COI parceiros com o Boardr.




Isso mesmo o que vem chamando a atenção nos últimos anos é a inclusão do skate como esporte olímpico e isto está cada dia mais próximo, nós acompanhamos a discução sobre um outro problema que chega junto a esta novidade, o uso de drogas por skatistas.




É isso mesmo o que muitas pessoas querem saber, o skate pode se tornar um esporte olímpico, a resposta hoje é que sim, ainda mais agora com a divulgação de uma lista para as olimpiadas de 2020 em Tóquio em que o skate entra para a lista.